Entenda a técnica da micropigmentação

Entenda a técnica da micropigmentaçãoA calvície atinge tanto as mulheres quanto os homens, e ocorre por conta de diversas condições que podem afetar o folículo piloso, que é a estrutura que envolve a raiz do fio. Estudos médicos apontam que 80% dos homens de até 70 anos de idade e 30% das mulheres de até 50 sofrerão com diferentes níveis de calvície.
As principais causas da calvície tanto masculina quanto feminina são as chamadas androgenéticas, em que os fios que possuem tendência a serem afetados pelo hormônio DHT (dehidrotestosterona) sofrem atrasos ou alterações nos seus ciclos de vida, tornando-se fracos até que deixam de nascer.

Existem diversos tratamentos e soluções para contornar o problema da perda de cabelos, e entre eles está a micropigmentação. Essa técnica, que é minimamente invasiva, permite que a região que sofre com a rarefação dos fios fique aparentemente mais “cheia”.

Em que locais a micropigmentação capilar pode ser aplicada

A técnica da micropigmentação se assemelha, à primeira vista, de uma tatuagem, porém funciona de forma diferente e com materiais distintos. Após anestesia local, pequenos pontos de tinta na cor do cabelo natural do paciente são introduzidos na epiderme por meio de uma fina agulha específica.

O resultado é bastante natural: em cabelos mais curtos, quase raspados, a impressão é de que eles realmente foram cortados bem baixos e os pequenos cabelos estão em fase de crescimento. Em cabelos mais longos (como no caso das mulheres, ou para homens que optam por cabelos maiores) a micropigmentação suaviza a aparência do couro cabelo, que fica mais exposto quando há a presença da calvície. Em ambos os casos, a técnica disfarça completamente a falta dos fios ocasionada pela queda.

Esse procedimento é destinado não apenas aos pacientes que possuem calvície, mas também àqueles que possuem falhas nas sobrancelhas, barba e bigode.

 

Nenhum Comentário Permalink

Say something

Your email address will not be published. Required fields are marked with a grey bar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>